fbpx

Transformação Digital no Franchising

É de dentro para fora. Se não existe um caminho único para a Transformação Digital em redes de franquias, de uma coisa estamos certos: a transformação começa na Cultura. Começa pela gestão, pela mudança de mindset, por correr riscos pela inovação, por abrir mão de antigas crenças. Então, desapega! 

Não falamos de futuro, mas do tempo presente. A Transformação está acontecendo, em todos os lugares, em grandes redes, nas pequenas redes. Ao mesmo tempo em que uma empresa com 60 anos, do varejo tradicional, é capaz de se reinventar, como o case do Magazine Luiza que transformou vendedores em influenciadores locais, nos deparamos com novos negócios que já nascem digitais (e se possuem DNA Digital não precisam de Transformação Digital), como o caso da Zaitt. Os dois cases foram apresentados durante o evento Praxis Summit, no bloco sobre Cultura & Inovação.

Em todas as redes de franquias existem os desafios diversos, seja com um sistema que integre dados e diferentes canais,  seja com os fatores humanos de engajar toda a Rede para que as implantações aconteçam e a transformação não se resuma a um planejamento no papel, e exclusivo da Franqueadora. Sabemos o quanto o E-commerce, por exemplo,  ainda é entendido como uma grande ameaça aos Franqueados e suas equipes.  

O varejo omnichannel pede uma definição clara do papel das partes – assunto com o qual a Praxis Business vem desenvolvendo estudos nestes 10 anos, com treinamentos e palestras, por entender que o sistema de Franchising exige muito alinhamento de informações e objetivos claros.  É preciso entender em profundidade o que faz sentido para o negócio, para a Rede, para essa importante parceria. “Fazer para os clientes, junto com os Franqueados”, como bem explicou Rafael Sbampato, com o case de O Boticário, também apresentado durante o evento sobre Transformação Digital, organizado pela Praxis Business. 

Transparência. Se a Franqueadora tem acesso a dados que possam ser estratégicos para os Franqueados, para que adquiram mais informações sobre o comportamento de compra do cliente, é importante que compartilhe com a Rede. Se a empresa vislumbra novas oportunidades de negócios no mundo digital, se quer ampliar sua atuação e oferecer uma melhor experiência ao cliente, sugerimos que envolva os Franqueados em todas as etapas, desde a pesquisa, os levantamentos, a construção do plano de ação, e não somente para execução do que foi previamente elaborado pela Franqueadora. 

Engajamento. Não existe inovação atuando sozinho. Não existem super-heróis. Para que a Rede se expanda de forma sustentável, para que cresça, para que acelere sua capacidade de inovação e tenha cada vez mais valor para o cliente, é preciso colaboração, envolvimento, comprometimento. No Praxis Summit, tivemos contato com diferentes cases de empresas, a fim de ampliar nosso conhecimento.  Esperamos que este conteúdo tenha agregado muito a você! Que bom é poder contar uns com os outros para crescer junto e contribuir com a transformação digital não apenas no Franchising, mas no Brasil. “Se inspirar para evoluir”, como destacou Pedro Englert.

Protagonismo coletivo. Não há nada mais inteligente do que pensar e executar coletivamente. E o Franchising encontra tantas vantagens neste contexto! Parafraseando Martha Gabriel “tudo o que puder ser automatizado será”. É tempo, então, de refletirmos sobre o que nos faz essencialmente humanos.

Adir Ribeiro e Marília Saveri

Quer saber mais sobre este assunto?

 Praxis Summit: Transformação Digital no Franchising.https://conteudos.praxisbusiness.com.br/e-book-praxis-summit