fbpx
3JOGOS DE NEGoCIOS E GAMIFICAcaO

Benefícios de aplicar jogos de negócios e gamificação em treinamentos de franqueados

O modo de ensinar, de capacitar o Franqueado, influencia tanto quanto o conteúdo. Ou até mais. Para que a educação corporativa esteja, de fato, centrada nas necessidades de aprendizagem do Franqueado e equipes, em seus desafios no dia a dia do negócio, é preciso considerar metodologias ativas de aprendizagem que envolva-o, favorecendo seus potenciais e despertando para a necessidade de aprender e de se manter atualizado.

Uma das metodologias de treinamento mais inovadoras são os jogos de negócios. Eles reforçam conhecimentos e contribuem na tomada de decisão. De quebra, valorizam o trabalho em equipe, estimulam a colaboração entre os franqueados, e tornam o processo de aprendizagem, de retenção de informações e de conceitos muito mais dinâmico.

Atualmente, com as novas tecnologias, temos a possibilidade de aplicar treinamentos com a utilização de jogos eletrônicos, uma das maiores tendências em treinamentos corporativos. Isso possibilita ao Franqueado aprender com os próprios erros e desenvolver determinadas soft skills de maneira mais rápida, como a tomada de decisão, a negociação, o trabalho em equipe, a colaboração. Os jogos promovem o pensamento sistêmico e contribuem na abordagem cognitiva e comportamental.

Em termos de conteúdo, é importante que este tipo de treinamento seja bem planejado, de tal forma que trace a melhor estratégia de jogos e estabeleça o tipo de simulação a ser desenvolvida. Muitas Franqueadoras têm optado por trazer situações reais, problemas comuns em uma franquia da marca, por meio da gamificação com  foco na gestão do negócio. Assim, o franqueado estará mais confiante para replicar as ações em sua franquia, pois está sendo desafiado a resolver os problemas.

Há também outros tipos de jogos que podem ser aplicados em treinamentos de Franqueados, dependendo do objetivo proposto. Jogos de tabuleiros e jogos de cartas também criam uma competição saudável entre as equipes, transferindo know how de maneira criativa e prazerosa.

Por fim, vale dizer que os jogos precisam ter regras claras, objetivos bem definidos, e que os participantes recebam os feedbacks constantemente do facilitador que estiver coordenando este tipo de treinamento, sobretudo, relacionando teoria e prática, fazendo conexões com a experiência dos Franqueados no dia a dia do negócio.

Um exemplo de jogo desenvolvido e aplicado pela Praxis Business  é o “Jogo da Competência”, baseado no conceito do C.H.A:

CONHECIMENTO – Saber Fazer (Teoria e Fundamentos);

HABILIDADES – Conseguir Fazer (Prática);

ATITUDES – Querer Fazer (motivos para fazer).

Os participantes respondem a diferentes questões e são avaliados em relação a cada um desses atributos. Ao final do treinamento, as notas dos participantes são somadas e aqueles que mais pontuaram são reconhecidos.

Leonardo Marchi é sócio-diretor de Educação Corporativa.


Marília Saveri é sócia-gestora de Marketing.